Coceira na Vagina – Causas, Tratamentos

Causas e quais são os melhores tratamentos de coceira na vagina

coceira-na-vagina-272x300

Muitas mulheres já sentiram alguma vez na vida uma incômoda coceira na vagina. Antes de falarmos sobre tratamentos, precisamos identificar o tipo de problema e saber melhor sobre suas possíveis causas.
A primeira coisa a fazer é verificar se a coceira é na região interna ou externa.
Caso seja na região externa os sintomas são simples e provavelmente não é nada grave, esse tipo de coceira na vagina pode ser uma reação alérgica  causada pelo uso constante de calcinhas que não deixam a região respirar, como as de lycra. Outra mania das mulheres que pode ser uma das causas para esse problema, são os sabonetes íntimos, alguns deles podem desequilibrar o ph e a flora bacteriana da vagina, assim fazendo com que a região fique sensível e podendo levar até a corrimentos mal cheirosos.
Em casos mais graves a coceira na vagina pode ser interna, e isso já é um problema mais grave, sendo que o caso mais comum entre as mulheres é a candidíase. Nesse caso, além da coceira forte e quase que insuportável tanto interna como externa, outros sintomas também aparecem, como vermelhidão, dor ao urinar, dor ao ter relações sexuais, ardor, inchaço e um corrimento esbranquiçado. As principais causas da candidíase são higiene inadequada, secar peças intimas em locais pouco arejados como o banheiro por exemplo, passar o dia todo com a mesma roupa e também usar com muita frequência sabonetes íntimos.
Seja qual for o seu tipo de coceira, o ideal é que você procure um ginecologista para que ele te recomende os tratamentos necessários para o seu tipo de problema, porém existem algumas dicas para prevenir que você tenha essa coceira tão inconveniente, ou talvez cuidar para que ela não volte.
A primeira dica é fazer a higiene íntima apenas com sabonete neutro, mas se você faz questão de usar o sabonete intimo, o ideal é que seja apenas duas vezes na semana, pois alguns deles são muito ácidos, o que pode lhe trazer problemas, como já citamos acima.
A segunda dica é usar calcinhas que sejam de algodão, pois assim a pele consegue respirar.
E  por fim, procure não ficar muito tempo com biquínis e maiôs molhados, pois isso pode ajudar na proliferação de fungos, lembrando que a qualquer sinal de coceira na vagina, o melhor a fazer é procurar um médico.

Mais Dicas Femininas 2018



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *